Rais partam isto

Textos que não interessam a ninguém escritos por um niilista agnóstico(seja lá isso o que for...)


As malditas manias

A convite daMaria e daMula (que trocadilho tão giro), que - num momento de descontrole emocional - tive a infeliz ideia de aceitar, vou revelar 5 das minhas muitas manias.
Na verdade a minha maior mania será, certamente, a de pensar que sou um tipo comum sem manias, o que torna o desafio ainda mais complicado.
As regras são as seguintes:
"Cada bloguista participante tem de enunciar cinco manias suas, hábitos muito pessoais que os diferenciem do comum dos mortais. E além de dar ao público conhecimento dessas particularidades, tem de escolher cinco outros bloguistas para entrarem, igualmente, no jogo, não se esquecendo de deixar nos respectivos blogues aviso do "recrutamento". Ademais, cada participante deve reproduzir este "regulamento" no seu blogue.
Vamos a elas: (ás manias, claro!)
1.ª mania:
Cozinho quase todos os dias. Isso não é mania, eu sei, mas não consigo cozinhar sem estar acompanhado de uma cerveja (ultimamente bohemia), que bebo pelo gargal enquanto cozinho. Trata-se, provavelmente, de alguma manobra do meu subconsciente para me distanciar da imagem do Goucha.
2.ª mania:
Quando recebo telefonemas de alguns clientes mais chatos pouso o telefone na mesa e só lhe pego de tempos a tempos para dizer "sim" ou "ahan". Agora ando a treinar uma das funcionárias para ser ela a fazê-lo por mim. Se o cliente fizer uma pergunta que requeria uma resposta mais pessoal, a chamada "cai" misteriosamente... Manda a decência que esclareça que só o costumo fazer com 2 ou 3 que são dados a monólogos de meia hora, completamente inúteis.
3.ª mania:
Penso que, se tentar, consigo fazer tudo. Já inutilizei vários electrodomésticos e algum material de informática em tentativas frustradas de reparação. Infelizmente ás vezes consigo resolver o problema, o que me dá alento para continuar a fazê-lo e a estragar 2 em cada 3 aparelhos em que meto as mãos.
4.ª mania:
A minha mente raramente acompanha o corpo. Graças a isso deixo com frequência as chaves dentro de casa, perco telemóveis, dinheiro, guarda-chuvas, casacos, etc. Uma vez deixei o carro destravado e só mais tarde o vi encostado a um contentor no fundo da rua. Outra vez, no Bairro Alto, esqueci-me de onde o tinha estacionado e tive de voltar para casa de táxi (esta se calhar não conta por causa do álcool). O lado bom - sim que tudo tem um lado bom - é que já aprendi a abrir portas com cartões, já aprendi a melhor forma de partir vidros para abrir janelas e já perdi por completo o medo das alturas graças aos saltos que durante anos tive de dar de um escadote baixo para agarrar as grades da varanda e subir a peso lá para dentro.
5.ª mania:
Não posso ver um quadro torto. Não tenho qualquer problema com outros objectos pendurados, mas quadros... Mesmo em casa de estranhos tenho sempre de arranjar forma de poder ir endireitar o quadro.
Lanço o desfio aos seguintes bloguistas:
4) Burro ;

16 Comentários inteligentes e algumas alarvidades “As malditas manias”

  1. # Blogger eu mesma!

    já me tramaste!
    Eu que andava aqui a divertir-me lendo as manias dos outros... estou agora também feita ao bife, lá vou ter de pensar nas minhas manias, sim tenho de pensar porque para nós, nunca são manias...não é?

    quanto ás tuas tenho a felicitar-te de pelo menos tentares ser diferente do Goucha! ahahahhah boa!

    a 2ª mania também às vezes faço mas não tão frequentemente que possa ser considerada mania para mim, é mesmo tédio provocado por algumas conversas chatas!

    A tua 3ª mania fez-me lembrar a minha irmã quando era novita, destruía tudo para ver como era por dentro...

    a 4ª provam que és um grande distraído e a 5ª é uma verdadeira mania!

    agora vou pensar nas minhas!  

  2. # Anonymous Anónimo

    Prova superada ^-^

    Imaginar-te a trepar, a abrir portas com cartões e a partir vidros fez-me lembrar algumas cenas do filme "To catch a Thief". Bohemia é a cerveja que eu uso para fazer gemadas. (Tenho um bocadinho de anemia e elas ajudam.) Gostei muito.


    [Vi o teu comment e respondi no meu blog]  

  3. # Blogger Damularussa

    Pois é, primeiro, agradecer-te a cumplicidade no desafio, segundo o comentário às tuas manias..ora bem..ainda bem que avisas que telefonar-te está fora de questão..eu a falar pró boneco (nunquinha,lol), quadros tortos tambem não lhes resisto mesmo em casa alheia, quanto aos electrodomésticos, só os avario, reparar ficam por tua conta se quiseres (gargalhando).
    A bohémia..parece-me bem, quanto à falta de orientação..olha... nem te conto:p

    beijo enorme  

  4. # Anonymous Anónimo

    Lembra-me para nunca te telefonar, ok? ;)  

  5. # Blogger Nanny

    Oi, estou de volta.
    Não posso deixar-te as minhas manias porque não consigo cumprir os teus parâmetros... ainda não consegui "montar" o meu blog - confesso que também tenho tido preguiça.
    Arre esta é uma das minhas manias, não devia ter dito! Agora já está. Sou um bocado preguiçosa, admito!
    Adorei a ideia, e as manias.
    Prometo ficar atenta  

  6. # Blogger Hélder

    Nanny:
    Se quiseres envia-me o teu endereço de email e eu crio-te o blog "chave na mão".
    Beijo  

  7. # Blogger Hélder

    Maria:
    A bohémia é excelente para cozinhar.
    Principalmente para fazer aquilo que eu chamo "febras à tasca", com sal, alho, muito azeite e meia bohémia na frigideira (digo meia porque bebo a outra metade entretanto). Fica com um sabor que me faz lembrar a boa bifana na roulotte da bola.

    Rafeiro:
    Nunca me telefones (era só um lembrete).
    Lido habitualmente com um pouco mais de 400 clientes que me telefonam com maior ou menor frequência. Apenas o faço com aqueles dois ou três que telefonam todos os dias para dizer as mesmas coisas, e que não se calam com o "desculpe, mas tenho de desligar porque tenho muito trabalho para fazer". Assim ficam felizes porque desabafaram e disseram mal da outra parte convencidos de que eu ouvi e eu posso não perder tempo e continuar a trabalhar.
    Tu podes ligar à vontade, não me parece que coles ao género...
    Abraço amigo  

  8. # Anonymous Anónimo

    Compreendo exactamente o que dizes! Também eu já cometi esse pecado. Nunca pensaste numa daquelas gravações com um Best Of de "Hum-hum", "pois-pois", "sim, é isso"?

    Um grande RAUF para ti!  

  9. # Blogger Ouriço-Cacheiro

    "Sô" Hélder: gelado de gianduja é feito de chocolate e aromatizado de avelã. É uma especialidade italiana que na Casa do Gelado da Av. de Roma sabe a gelado feito em casa. Leva os teus miúdos e a respectiva... vão adorar. Quanto às restantes manias: é mesmo o que a casa gasta, são normalzitas, banais. Ainda não comprei o aparelhómetro para ser uma verdadeira voyerista, mas não me limito à decoração...eh!eh!  

  10. # Blogger Hélder

    ò sô dona Ouriça...
    Muito me conta, muito me conta.  

  11. # Blogger eu mesma!

    desculpa ter-te chamado outro nome, já tá tudo corrigido! onde é que eu tinha a cabeça? valha-nos Deus! ando sempre no mundo da lua!

    beijinho  

  12. # Blogger eu mesma!

    bolas! não acerto uma! o problema é só ter um minutinhos...tem de ser tudo a correr...

    mas agora a justificação da miserável partícula "da" que acrescentei ao teu nome, acho que vem do subconsciente, é que para mim Conceição teve quase sempre um "da" atrás... tal como Maria da Conceição.... (risos)  

  13. # Blogger Nanny

    Vitória!
    Venci a preguiça e com a tua preciosa ajuda criei o meu blog.
    Aqui vai:
    Sei Lá!
    E está na tua categoria, ou seja: Sou Contra Isso!
    Um abraço  

  14. # Blogger a_cabra

    Ò Helder... compartilho contigo a quarta panca, e se me ensinares a abrir portas com cartões eu ofereço-te um avental tão à frente mas tão à frente que nunca na vidinha parecerás o Goucha... combinado? Beijos  

  15. # Blogger Hélder

    Dear Bitch
    Diz o dia e hora :)  

  16. # Anonymous Anónimo

    Por que nao:)  

Enviar um comentário



© 2006 Rais partam isto |