Rais partam isto

Textos que não interessam a ninguém escritos por um niilista agnóstico(seja lá isso o que for...)


Como a minha mulher não é pacifista, vou começar as entrevistas para a semana

Notícia do Expresso:


"O fim da guerra e de todos os conflitos mundiais pode ser, afinal, mais fácil de alcançar do que se pensa. Falhadas que foram muitas negociações diplomáticas, o caminho para a Paz passa, calcule-se, pelo prazer. E é partindo desta premissa que uma Organização Não Governamental lança ao mundo um desafio que tem tanto de insólito como de nobre: um Orgasmo Global Sincronizado pela Paz.
E dada a dimensão da causa, este orgasmo tem regras e exige (mais do que todos os outros) sintonia e entrega total, não só com o parceiro escolhido mas com o mundo em geral.
O objectivo da Global Orgasm (ver link para a organização no final deste texto) é conseguir que no próximo dia 22 de Dezembro o maior número de pessoas tenha um orgasmo ao mesmo tempo, concentrando (durante e depois) a sua energia para pensamentos positivos a favor da Paz e do fim dos conflitos mundiais.
Na sua declaração de missão, a organização faz saber que “a combinação da alta energia orgasmica, com uma vontade intensa, tem um efeito maior do que a meditação e as orações em massa”. Tudo porque este orgasmo colectivo (se a participação for a que se espera) será capaz de injectar elevadíssimos níveis de energia positiva no campo magnético da terra. O resultado directo: a redução dos níveis violência no mundo.
Data não foi escolhida ao acaso
E para que tudo corra bem, nem a data é escolhida ao acaso. O dia 22 de Dezembro representa o solstício de Inverno, que no calendário Maia significa um «recomeço». A organização explica que esta iniciativa é à escala mundial, mas apela à especial participação dos residentes em países com armas de destruição massiva ou onde se vivam situações de conflito. Mas esclarece que o mundo inteiro é bem vindo a esta causa.
Para facilitar a sincronização deste Orgasmo Global pela Paz, a organização coloca na sua página na Internet um relógio com a contagem decrescente para o grande momento.
Por isso, que quiser contribuir para a paz no mundo pode fazê-lo daqui a 28 dias, 17 horas, 31 minutos (prazo da altura em que foi publicado este texto). Com quem quiser, onde entender, no momento em que estiver sintonizado, mas com toda a energia."

5 Comentários inteligentes e algumas alarvidades “Como a minha mulher não é pacifista, vou começar as entrevistas para a semana”

  1. # Anonymous Anónimo

    Agora sou eu que digo: Rais partam isto!

    Só vais começar as entrevistas p'ra semana e eu passei aí tão perto a semana passada...

    Bjs  

  2. # Anonymous Anónimo

    Pela segunda e última vez este ano, fui desafiado para uma cena qualquer. Quis partilhar a minha imensa alegria contigo e como tal decidi passar-te o testemunho. Vai agora, e espalha a palavra do Rafeiro pela blogosfera!

    PS: este texto não é só para ti. Vou fazer o belo do COPY-PASTE para os outros desafiados ou não me deitava hoje...

    Um grande RAUF para ti!  

  3. # Blogger Ouriço-Cacheiro

    Resta a dúvida de quando precisamente vai ser este estrondoso acontecimento. Como vou andar bastante de avião nesse dia vamos lá ver se vou ter alguma experiência nova...  

  4. # Anonymous Anónimo

    Eu sou pacifista mas já tenho parceiro ^_-

    beijinhos e boa sorte com as candidatas :P  

  5. # Blogger Orquidea

    Pena que quando vi o post já tinham terminado as entrevistas, pôssas!
    Mas já tinha lido essa corrente algures e pensei "Oh, que chatice, logo agora! Não posso contribuir para a paz no mundo." :(
    p.s._ contribuí com uns raiozitos de energia, que é como quem diz, sozinha ;)  

Enviar um comentário



© 2006 Rais partam isto |