Rais partam isto

Textos que não interessam a ninguém escritos por um niilista agnóstico(seja lá isso o que for...)


Tempos Modernos (um documento histórico de cariz intervencionista)

Thomas Malthus, maníaco inglês que vivia obcecado pelo crescimento da população, abateu a cegonha à pedrada em 23 de Dezembro de 1834.
A sua alegria por pensar que tinha conseguido resolver o problema do excesso de crescimento populacional foi tal que invadiu a faixa de rodagem vindo a ser atropelado por um cabriolé conduzido por Louis Braille, no preciso momento em que este ensaiava o seu sistema de leitura para cegos.
Auguste Comte, pai da sociologia, que vinha no lugar do morto, terá proferido então a sua célebre expressão: "Fosgasss".
De tal acidente viria a resultar a morte de Malthus que foi sepultado no mesmo dia da cegonha, numa campa de casal comprada na Companhia dos Caixões, o franshising de maior sucesso desde a Peste Negra.
Louis Braille escreveu uma notícia em Braille sobre o assunto, que ninguém percebeu.
Desde então que os bebés deixaram de vir de Paris, com consequências nefastas para a indústria daquela cidade e para os transportes Cegonha & Benjamim, L.da que viriam a abrir falência por dívidas ao fisco e à Segurança Social associadas a um escândalo envolvendo abonos de família...
Para evitar a extinção da raça humana, homens e mulheres uniram-se - literalmente - para se reproduzirem pelos seus próprios meios.
O sexo, até aí ignorado e apenas praticado em hospícios e na Boavista, passou a ser um mal necessário com inevitáveis consequências a nível de higiene e saúde pública.
Com sucessivos upgrades, novas versões e posições, com os anos, de mal passou a obsessão. (Não é o meu caso, que eu até nem ligo a isso...)
É dele que vêm quase todos os problemas da sociedade e não, não falo só de doenças venéreas!
A falta de sexo é potencialmente causadora de depressões, inchamentos, linchamentos, agressividade, má disposição, calosidades várias... enfim, coisas do piorzinho que há!
Tem consequências económicas importantíssimas como a diminuição de produtividade e fuga de capitais para o estrangeiro, nomeadamente para o Brasil.
O seu excesso causa exactamente o mesmo problema.
Há pois que encontrar um ponto de equilíbrio.
Assim:
Exige-se que o Governo intervenha regulando esta matéria, nomeadamente, estabelecendo limites mínimos e máximos de práticas mensais e penalizando aqueles que não os cumprem!
Só assim se poderá racionalizar e/ou racionar a prática, numa política tendente ao equilíbrio e à distribuição de "riquezas".
Exige-se, além do mais, que sejam instituídas acções de formação subsidiadas que aprofundem o tema, fomentando as práticas interpessoais de qualidade.
Poderão, até, ser criados locais apropriados para o efeito em que a prática seja assistida por enfermeiras dentro da linha do que se pretende fazer com as salas de chuto.
Tudo a bem da Nação!

12 Comentários inteligentes e algumas alarvidades “Tempos Modernos (um documento histórico de cariz intervencionista)”

  1. # Blogger Ouriço-Cacheiro

    Acho que foi das melhores coisas que escreveste ultimamente. Vamos aguardar serenamente o impacto deste manifesto. Talvez, entretanto, emigre para o Brasil!  

  2. # Blogger eu mesma!

    Ahahahhah!!!!!!!!!!!

    A nossa sorte é o Sr. Engenheiro não te ler, senão ele aproveitava e lançava o imposto da queca e da não queca (assim preso por ter cão e preso por não ter)!

    Gostei também das acções de formação subsidiadas, já agora pela UE  

  3. # Anonymous Anónimo

    (Não é o meu caso, que eu até nem ligo a isso...)

    Vou fingir que acredito ^-^

    beijinhos  

  4. # Blogger Cris

    hehehe gostei da ideia, mas posso trocar a enfermeira por um médico?
    Um beijo e bom fds  

  5. # Anonymous Anónimo

    Cá pra mim o Governo ainda vai é criar 5 Institutos e 13 Comissões de Estudo destinados a tentarem clonar a cegonha. E depois olha, tesos e sem sexo outra vez...  

  6. # Blogger Manuel Proença

    Obrigado pela gentileza. Volte sempre. Qualquer dia damos -lhe um carro, ok?  

  7. # Anonymous Anónimo

    E que tal ir formando uma associação de apoio aos utentes em regime de voluntariado?  

  8. # Anonymous Anónimo

    Como quem não quer a coisa descobri aonde é que ele comprou a t-shirt. Vai a este site:

    http://www.t-shirts.com/printed/default.asp?sid=236126115707&cmd=detail&type=I&item_id=7739

    beijinhos e boa semana  

  9. # Anonymous Anónimo

    Gostas de desafios? então vai ao meu blog...

    Espero que aceites ^-^

    beijinhos  

  10. # Blogger Maniféstira

    Credo!!! racionalizar e/ou racionar o sexo? Então aí é q tavamos bem fodidas, já que:
    1- andavamos mais mal humorados;
    2- Íamos todos à ruína, com consultas diárias no psiquiatra;
    3- Os dedos iam funcionar exaustivamente, o q ia ser prob para quem deles precisa para se subsistir;
    4- Os profs iam cntinuar a ver passar a banda, sem canalha pra ensinar;
    5- Lá se iam as tácticas de engate pelo cano abaixo...
    Devia reconsiderar hehehe e convenhamos, qual é a piada da vida sem uma dose industrial de sexo (bom, claro...ah, e orgasmico também)...  

  11. # Blogger Nanny

    Boa! Ainda há dias disse a alguém que a causa de tantas dores de cabeça de que se queixava era mesmo falta de sexo!
    A esta hora também não era má ideia...
    Já vi a tua resposta e no fim de semana vou ver se atiro a preguiça para trás das costas e vou tentar - não o sexo - criar o meu blog, prometo que depois mando-te o endereço.
    Bjs  

  12. # Anonymous Anónimo

    Por que nao:)  

Enviar um comentário



© 2006 Rais partam isto |