Rais partam isto

Textos que não interessam a ninguém escritos por um niilista agnóstico(seja lá isso o que for...)


Chorar

Hoje é o dia mais triste da minha vida.
Cheguei a casa ás 18H00, regressado de uma reunião em Lisboa.
A casa estava vazia. Os meus filhos foram levados para longe de mim, contra aquela que sei ser a sua vontade.
Sem respeito pela lei, e principalmente, sem respeito por eles e pela sua estabilidade emocional, a mãe deles retirou-os de nossa casa aproveitando a minha ausência e levou-os para os arredores de Lisboa onde tem casa arrendada.
Não sei onde estão. Ela não me diz.
Não posso ver os meus filhos e noto-lhes a tristeza na voz.
Esta é a minha mulher como ela é: Egoísta!

10 Comentários inteligentes e algumas alarvidades “Chorar”

  1. # Blogger Maria

    Meu Deus!


    Não sei que dizer para te reconfortar... A única coisa que posso fazer é rezar para que consigas descobri-los o mais depressa possível.

    A polícia não te pode ajudar?

    um abraço apertado  

  2. # Blogger ci

    o amigo...a tua dor deve ser indescritível...mas não podemos baixar os braços...informa-te tens direitos como pai...ela não pode usar as crianças dessa forma...vais dar a volta por cima vais ver...podes contar comigo para tudo mesmo...:)força!!!

    beijinhos da ci  

  3. # Blogger Uxka

    Além de pai, como profissional sabes melhor que ninguém o que fazer. É "apenas" um contratempo, muito doloroso, mas um contratempo. E eu sei do que falo, um dia tive 7 anos.
    Vais encontrá-los, eles vão estar bem, e ela vai sofrer as consequências de um acto impensado. Nestas alturas ninguém age racionalmente e quem geralmente sofre na pele são os miúdos. Vai correr tudo bem.
    Um abraço apertado.  

  4. # Blogger Orquidea

    Vai correr tudo bem. Vais precisar de muita paciência.
    Nada, nem ninguém, abona a favor dela neste momento. Os meios que bem conheces vão resolver isto.
    Melhor ainda para todos, sobretudo para os vossos filhos, se puderem contar com o bom senso dela. Para que possam voltar a ser uma família, apesar de já não serem um casal.
    Mostra-lhe o que é melhor para os vossos filhos (mesmo que isso implique abdicares da tua compreensão e bondade para com ela).  

  5. # Blogger Bolacha Maria

    Nem sei o que te diga rapaz!Mas os teus filhos não se esquecem de ti e tudo se há-de resolver!!!Vai dando notícias!!!  

  6. # Blogger Ouriço-Cacheiro

    Qualquer história, ficcional ou real, tem um ponto auge em que tudo acontece.Foi hoje para ti esse ponto. A seguir vai, até ao final, existir a fase de resolução. Tens de ter calma, calculo que já tivesses previsto que mais tarde ou mais cedo tal iria acontecer. Os filhos serão sempre TEUS filhos. Se lhes fizeres bem serás sempre compensado ainda que mais tarde. Quem os violente de qq forma será sempre punido. Ainda que só qd eles amadurecerem. Ela e tu irão acalmar e resolver as coisas tendo sempre em conta eles que são os protagonistas desta história. Fico a torcer por ti. Fico a torcer para que tudo se resolva  

  7. # Blogger Rafeiro Perfumado

    Hélder, de leis percebo pouco ou nada. A única coisa que te posso recomendar é ter calma esperar que tudo se resolva a contento de todas as partes. As crianças merecem ser felizes.

    Um abraço.  

  8. # Blogger Nanny

    Que dor senti quando aqui entrei!

    O que é que se pode dizer a alguém que sofre... apenas que sei que dói, que estou aqui para o que precisares.

    As mulheres podem ser muito más, e tu estás a aprender isso na pele e no coração.

    Tem calma e não passes ansiedade para os teus meninos, que eles não sinto como tu estás...

    Patrono: Encher o peito de ar e vamos para a frente, que a batalha está no começo!

    Beijo da gata  

  9. # Blogger jj

    Hélder,

    Bom senso, muito bom senso e cabeça fria. Esse estrategema baixo e mais ou menos previsível tem um nome rapto (e é punível por lei, não?). Reapara, tens TUDO a teu favor: amas os teus filhos como ninguém, és inteligente, íntegro, tens uma profissão estável e conheces os meandros da lei como ninguém também. Sem querer subestimar a tua dor, vê isso como um pequenino obstáculo temporário (os problemas só têm a dimensão que nós lhes damos)... Isto para no fim o aconchego dos dois no teu colo saber melhor. :) Tens TUDO a teu favor. Não te esqueças, nunca.

    Jinhos.  

  10. # Blogger Bolacha Maria

    Como estão as coisas entretanto?  

Enviar um comentário



© 2006 Rais partam isto |